Notícias

21/12/2017 19:03

Homem agride mulher e para não ser denunciado tenta convencê-la que pulou da motocicleta, em RO

Marido foi preso pelo crime e a mulher está internada. Para praticar as agressões, o suspeito utilizou uma garrafa de vidro, socos e a estrangulou.

Uma mulher de 36 anos foi agredida gravemente pelo marido de 47 anos na madrugada de quinta-feira (21), na área rural de Parecis (RO), município da Zona da Mata. Segundo o boletim de ocorrência, durante as agressões a vítima chegou a desmaiar duas vezes. Quando acordou o homem tentou convencê-la de que ela havia pulado da motocicleta em movimento, para que não o denunciasse. O marido resistiu mas foi preso pelo crime e a mulher está internada.

Denúncia

Os policiais militares ficaram sabendo das agressões por meio de uma denúncia anônima. O denunciante ligou para o 190 informando que na RO-492 em Parecis, sentido São Felipe D’Oeste (RO), havia um homem agredindo uma mulher e que no momento em que passou no local, a vítima gritou por socorro, porém a testemunha decidiu não parar por medo do agressor estar armado.

Somente após seguir adiante que ligou para a polícia. Ainda durante a ligação, o denunciante informou que os envolvidos estavam a aproximadamente 100 metros dele e que o suspeito havia começado novamente a espancar a mulher.

Socorro

Diante da denúncia, os policiais foram até o local indicado e encontraram o casal próximo a porteira de uma fazenda, local onde o suspeito trabalha. A mulher estava com vários hematomas pelo rosto, sem conseguir enxergar. Os policiais deram voz de prisão ao suspeito, mas foi necessário o uso de força física moderada e técnicas de imobilização para contê-lo, já que o homem dizia a todo momento que não havia batido na mulher e por isso não deveria ser preso.

Os policiais levaram a vítima ao pronto socorro de Parecis, onde o médico disse que devido à gravidade dos ferimentos e pelo fato de a vítima ter relatado que desmaiaou duas vezes durante as agressões, que foram praticamente todas na cabeça e pescoço, iria encaminhá-la para fazer uma tomografia.

Motivação

Já no hospital, a mulher contou aos policiais que há uns 15 dias havia se separado do marido e que na quarta-feira (20) decidiu reatar o casamento, saindo de Rolim de Moura (RO) onde estava morando, e indo até a fazenda onde o suspeito trabalha em Parecis. A noite decidiram ir para a cidade onde ingeriram bebidas alcoólicas. Já de madrugada, quando retornavam para a fazenda, o homem parou a motocicleta e passou a agredir a vítima, dizendo que iria matá-la pois ela tinha outra pessoa.

Para praticar as agressões o suspeito utilizou uma garrafa de vidro, socos e a estrangulou até que desmaiasse. No boletim de ocorrência a vítima ainda relata que quando acordou estava com as calças abaixadas até a altura das coxas e conseguiu fugir do suspeito para o meio do mato, onde permaneceu escondida até o dia clarear.

Ao amanhecer decidiu sair para pedir socorro, foi quando o marido a encontrou e começou a agredi-la novamente. Em seguida o homem tentou convencer a esposa de que tinha pulado da motocicleta em movimento e que cuidaria dela, na intenção de que não o denunciasse a polícia.

 

 

Fonte: Por G1 Cacoal e Zona da Mata


© 2003 -2017  Direitos reservados  Jipafest.com                                                                           

Contato

 (69)-9-9293-2598 

 

E-mail

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo